terça-feira, 23 de julho de 2013

Sugestões ao Papa Francisco - Hermano

Fosse eu consultado para sugestões ao papa Hermano, eu lhe diria:


Pense em cada futuro padre como um astronauta que durante trinta a quarenta anos vai se expor a toda sorte de desafios, de tentações. Vai conviver com a monotonia, com a miséria humana, com assédios, com suas compulsões internas capazes de envolver a própria mente e fazer lógicos e aceitáveis os desejos e as tentações.Terá que resistir ao quase irresistível. Vai ter que ser exemplo. Vai ter inúmeras oportunidades para fraquejar. Filhos, filhas, esposas serão a ele confiados, confiarão nele por fé, carência, inocência, desespero... Podem, às vezes, estar totalmente expostos à sua inteireza de caráter, à sua capacidade de conhecer a si mesmo, de um auto controle imenso, longo e contínuo. O papel, a missão, são da maior importância. O demônio da solidão, da monotonia, dos hormônios compulsivos, dos neurotransmissores que conformam e conduzem a mente; o demônio tem uma arma quase indetectável, quase irresistível, chamada Natureza Humana. Caro Hermano Francisco I: Escolha pessoas com caráter equilíbrio e qualidades tais, que tenham chance de cumprir tal desiderato. A par disso, crie condições, facilite a vida de seus astronautas que por trinta a quarenta anos vão se expor a toda sorte de perigos e tentações nesse fragmento do cosmo de Deus. Que Deus dê-lhe: Luz, coragem, discernimento e colaboradores fiéis. há ± um minuto · Editado · Curtir (sugestão primeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário